"Blogs de Portugal"

segunda-feira, abril 08, 2013

"A rapariga que roubava livros"


 Hoje terminei de ler este livro "A rapariga que roubava livros", 
que gostei imenso e aconselho a todos de o ler.

"Molching, um pequeno subúrbio de Munique, durante a segunda guerra mundial. Na rua Himmel as pessoas vivem um dia-a-dia penoso, sob o peso da suástica e dos bombardeamentos cada vez mais frequentes, mas não deixaram de sonhar. a Morte, narradora omnipresente e omnisciente, cansada de recolher almas, observa com compaixão e fascínio a estranha natureza dos humanos. Através do seu olhar intemporal, é-nos contada a história da pequena Liesel e dos seus pais adotivos, Hans o pintor acordeonista de olhos de prata e Rosa, a mulher com cara de cartão amarrotado, do pequeno Rudy, cujo herói era o atleta negro José Owen, e de Max, o pugilista judeu, que um dia veio esconder-se na cave da família Hubermann e que escreveu e ilustrou livros, para oferecer à rapariga que roubava livros, sobre as páginas de Mein Kampf recuperadas com tinta branca, ou ainda a história da mulher que convidou Liesel a frequentar a sua biblioteca, enquanto os nazis queimavam livros proibidos em grandes fogueiras. Um livro sobre uma época em que as palavras eram desmedidamente importantes no seu poder de destruír ou de salvar. Um livro luminoso e leve como um poema, que se lê com deslumbramento e emoção. 


Estreia o filme em Janeiro de 2014. Não quero perder!

Sem comentários:

Enviar um comentário