quarta-feira, agosto 24, 2016

Pintura de noivos de Viana


Continuação dos trabalhos de pintura da Diverte 3D. 
Agora os noivos de Viana. 
Estão todos à venda no Museu do Traje em Viana do Castelo e na loja on line da Diverte 3D. 
Obrigada.









quarta-feira, agosto 17, 2016

Pintura de Mordomas

Continuação da pintura das peças da Diverte 3D







Pintura de Maneis

Continuação da pintura da impressão da Diverte 3D








Pintura de Lavradeiras em 3D

Iniciei um novo trabalho. 
Demasiado minucioso, mas que estou a gostar muito. 
Este projeto é da empresa Diverte 3D, que faz impressão em 3D e com quem eu estou a trabalhar na pintura das suas peças.







quinta-feira, agosto 04, 2016

workshop de sabonetes

No dia 25 de julho, a convite da Junta de Freguesia de Santa Marta de Portuzelo, orientei um workshop de sabonetes integrado na Semana Cultural. O público aderiu muito bem e experimentou a realização de sabonetes com grande entusiasmo.
Agradeço aos meus amigos de Físico Química, Carla Sofia e História, Paulo Gonçalves que me ensinaram e me prepararam neste trabalho.
 



 /

domingo, maio 08, 2016

Os sons e as sombras do Caminho

 
Este foi o trabalho que fizemos do Caminho de Santiago de Compostela.
Foi realizado pelo meu grupo, (grupo das expressões), para o SIPE, organizador do evento.
Agradecemos à Cândida Passos pelo poema da sua autoria, que nos cedeu e que gostamos muito.

video

terça-feira, abril 05, 2016

Caminho inglês, para Santiago de Compostela

Foi de 30 de março a 3 de abril, que me juntei com o meu Idílio a um grupo de 22 peregrinos e fizemos o caminho inglês de Santiago começando em Ferrol.

Fazer este caminho foi para mim um misto de emoções e de sensações.
Inicialmente, muito medo de não ser capaz de percorrer os 121km e ter de me render à carrinha de apoio, pela minha falta de treino físico para o caminho. Seria uma vergonha para mim própria.
Quando comecei a caminhar no primeiro dia, debaixo de chuva durante 12km, com água por todos os lados, fartei-me de rezar a Santiago para que a chuva parasse nos próximos dias e que me desse ânimo... cheguei ao albergue muito desiludida e sempre a perguntar-me para mim mesma: "será que vou conseguir?", "Será que amanhã vou conseguir levantar-me?", "E se tenho uma crise intestinal?", "E se apanho uma gripe daquelas que me manda para a cama?", "E se gozam comigo porque sou uma fraquinha?", "E se no caminho me engano e sigo um caminho diferente e me perco?"...
O banho quente reconfortou-me, massajei os pés e as pernas doridas, jantei e dormi.

 
 
 
 
No dia seguinte, estavam programados 35km.
Sair da cama com as pernas a doer, com sono e a saber que se tem de andar 35km, não é muito fácil!!!
Mas depois de nos metermos nelas não há volta a dar. Toca a preparar o corpo e tomar um bom pequeno almoço. Mochila às costas e vamos lá com alegria.
Este percurso foi muito longo, as distancias entre as pessoas do grupo eram muito grandes, pelos ritmos diferentes de cada um. Neste dia tive uma experiência magnífica. Quando verifiquei que estava sozinha com as minhas sombras, com os meus pensamentos, com o meu ser, com os passarinhos, com a brisa da natureza, com os regos de água por baixo dos meus pés, com o calor das subidas, com as dores dos joelhos nas descidas... comecei a cantar em voz alta e foi tão bom!!!!
Que sensação enorme de paz e de liberdade! Foram muitos quilómetros assim, lindos, lindos.
 
 
 
 
 
 As duas últimas horas de andamento já foram de grande sofrimento.  Já estava esgotada, as dores nos músculos eram imensas, acho que descobri que tenho músculos a mais pois tinha dores em sítios que nunca tinha sentido.
Ver a placa do Albergue foi a melhor visão da minha vida!!! Finalmente podia descansar!!!
 
 


 
 
O 4º dia de caminhada foi o maior, foram 42km.
Por incrível que pareça,... neste dia ganhei uma energia tal... não sei de onde veio, mas apesar de ter muitas dores musculares, enchi-me de energia e lancei-me ao caminho surpreendendo-me a mim própria e surpreendendo o grupo.
Estava tão feliz, que as minhas pernas andavam, andavam, andavam como se tivessem ligadas à corrente.
Mas que corrente? Só pode ter sido a corrente da fé. Acredito que sim.
As minhas sombras acompanharam-me todo o percurso e nelas eu li o meu interior, refleti sobre o meu ser; como mãe, como mulher, como esposa, como profissional, como artista, como amiga, como irmã, como criança que ainda sou, como membro cvx, como paroquiana, como cidadã.
 
 


No caminho fazem-se amizades, partilham-se experiências, partilham-se sentimentos, há inter ajuda, há sorrisos, há brincadeiras, há alegria interior e exterior.

 
 
Descanso absoluto.
Foi na última noite que consegui descansar mais tranquila, foi aqui que senti que tinha conseguido cumprir a minha missão que era chegar a pé a Santiago.
Agora só faltava o melhor, a verdadeira sobremesa: Visitar a catedral, dar o abraço a Santiago, participar na missa do peregrino e regressar com o coração cheio de alegria.

 
Quilómetro zero na praça de Santiago de Compostela.
 Missão cumprida.

 
 

 
A alegria é tanta neste momento, que me integro num grupo de Valência e canto e danço com eles.
Que bom!!!
Valeu a pena.

segunda-feira, fevereiro 29, 2016

workshop de flores de ganga

Orientei no sábado dia 20 de fevereiro, um workshop de flores de ganga na Escola EB1 da Meadela.
Estas flores são muito fáceis de fazer e servem para imensas aplicações, basta usar a criatividade de cada um e fazer muitos "jardins".












 
Parabéns a todos os participantes e obrigada pela simpatia.
Boas aplicações.

quarta-feira, janeiro 06, 2016

Agradecimento

Terminou a minha exposição de pintura no Centro Pastoral e Paroquial de Barroselas.
Quero deixar aqui o meu agradecimento ao Senhor Padre José Domingos Gomes, pelo convite para expor em Barroselas.
Foi uma boa experiência e um prazer poder contribuir de uma forma modesta nas obras deste Centro Pastoral e Paroquial.

sábado, dezembro 05, 2015

Gratidão

Hoje tive a visita do Sr. Mário Leitão (Presiente da Leons Club de Ponte de Lima), na aula do 8ºA, para agradecer à Viviana e a mim pela participação no concurso do cartaz"Compartilhe a Paz".

 Livro que nos foi oferecido pelo próprio autor


 Dedicatória


cópia do cartaz elaborada pela Viviana nas aulas de Educação Visual

quarta-feira, dezembro 02, 2015

No Marco de Canavezes

Hoje foi um dia especial.
Um passeio pelas estradas nacionais até ao Marco de Canaveses.
Visitei o Museu Carmen Miranda, onde tive o privilégio de ver o vestido dela e a obra vencedora do Concurso de pintura Carmen Miranda.

Alô, Alô
Henrique do Vale
(Obra vencedora do concurso)

Depois fomos à Pastelaria Bolozeima, onde provamos os melhores croissants de Portugal (prémio 2015 atribuído pela compal). 
E não é que são mesmo bons!!! A televisão tem destas coisas...