"Blogs de Portugal"

segunda-feira, julho 19, 2010

Feirão da Juventude em Lanheses

No sábado dia 17, estive em Lanheses, desta vez com as minhas irmãs numa barraquinha de artesanato. Foram elas que me valeram porque com a mão direita lesionada não posso fazer nada.
Uma festa simples mas muito simpática, de um lado estava a tenda dos legumes, de um agricultor que apesentou os seus produtos, fruto de muito trabalho e "amor". "- Minha senhora... eu não deito as sementes à terra e fico à espera que as coisas nasçam! Eu ando lá todos os dias... viro as meloas todos os dias para apanhar sol por todos os lados! Eu tiro todas as ervas daninhas com as mãos e não deito herbicidas! Eu rego com todo o cuidado o pé das novidades!!! Os meus produtos são especiais!". E eram mesmo! Cheiravam mesmo muito bem, ao contrário dos que se compram nos supermercados que nem têm cheiro nenhum! As meloas eram realmente deliciosas!
Do outro lado estava a tenda dos chouriços e presunto, esta eu já conheço à muito tempo pois o dono é o meu vizinho Nuno, filho da Rosa Margarida. Outro cheiro fantástico!
Gostei de estar no feirão, especialmente pela tarde e noite de conversas com as minhas irmãs que são tão raras devido às vidas de cada uma. Conseguimos por a conversa em dia!
A Organização do Feirão foi uma simpatia. Obrigada a todos.

A Irene com os sacos
A São com as caixinhas
Eu com a bijutaria

6 comentários:

  1. Tive muita pena de não poder participar nessa feira de minha terra.

    Beijinhos Lindas!!!

    Anjos

    ResponderEliminar
  2. Foi realmente uma pena! Estavamos à tua espera. Beijinhos, Flor

    ResponderEliminar
  3. Olá Flor. Pela foto, a barraca parece-me bem bonita.
    Espero que nesta altura já tenhas tirado o gesso. Que maçada Flor, realmente! Pela informação que me chegou, não foste só tu a engessada aí por casa. Espero que nesta altura tanto tu como a minha sobrinha já estejam prontas para mais um piquenique! Beijinhos, Martinha.

    ResponderEliminar
  4. Olá Martinha, sim já tirei o gesso, mas parece que agora é bem pior, pois a fisioterapia é duríssima, de qualquer modo estou a recuperar. A Rafaela está a recuperar bem graças a Deus. Quando decides vir até cá? Beijinhos, Flor

    ResponderEliminar
  5. Pois é, eu tinha dito que ía. Não sei mesmo, Flor. Estamos os dois a trabalhar o que torna tudo difícil, mas claro, não impossível.

    ResponderEliminar
  6. Ok, aguardo pla minha vez pacientemente! Beijinhos, Flor

    ResponderEliminar